top of page
bannertabiji1png.png

Japoneses encaram a água fria em festa da maioridade


Participantes "surfam" nos mikoshi durante festival de inverno no Japão (foto: Roberto Maxwell)

Janeiro é o mês dos festivais da maioridade no Japão. Neste que é um dos meses mais frios do ano, jovens encaram a água fria do mar como rito de passagem para a maioridade. Num bairro à beira-mar da cidade de Fujisawa, na província de Kanagawa, jovens que completaram 20 anos participam de uma cerimônia religiosa que inclui uma procissão e um banho gelado a uma temperatura ambiente que pode chegar a zero grau.

O Kanchu Mikoshi Rensei Taikai é uma espécie de treinamento para outros festivais maiores realizados na região, onde apenas os adultos atuam ativamente. Isso inclui carregar os mikoshi do título do evento, que são santuários portáteis que chegam a pesar uma tonelada e, por isso, devem ser carregados por um grupo de fiéis. No evento, realizado anualmente no terceiro domingo de janeiro, jovens e veteranos carregam os mikoshi pela praia até entrar com o santuário dentro do mar.


Para evitar acidentes, todos precisam caminhar de forma coordenada. Acredita-se que é possível usar o santuário como um veículo para transportar as divindades e suas graças. Além disso, alguns participantes podem ser escolhidos para "surfar" nos mikoshi durante a procissão.

Antes de entrar na água, os participantes se aquecem em fogueiras ao som dos tambores japoneses.
Antes de entrar na água, os participantes se aquecem em fogueiras (imagem: Roberto Maxwell)

Os homens usam os fundoshi, uma espécie de tanga, que deixa as nádegas à mostra. No passado, esse itens eram utilizados como roupas de baixo, mas acabaram caindo em desuso com o advento das cuecas ocidentais. A vestimenta, no entanto, permanece presente nos festivais tradicionais. Já as moças usam o happi, uma jaqueta estampada com um emblema (que pode ser o do bairro) ou o quimono completo de gala. De um modo geral, o serviço de carregar os mikoshi é uma atividade masculina. No entanto, cada vez mais mulheres têm reivindicado o espaço e a participação feminina vem aumentando.

Antes de entrar na água, os participantes se aquecem em fogueiras ao som dos tambores japoneses. Depois do passeio no mar, os mikoshi voltam à areia e, em seguida, se dirigem para diversos locais no bairro onde serão os veículos que levarão as bênçãos divinas para toda a comunidade. Só que, desta vez, com a participação dos então reconhecidos novos adultos.

1:38 | Um Festival da Maioridade no Inverno Japonês

Por conta da pandemia, as edições de 2021 e 2022 do festival foram canceladas, mas o festival costuma ser realizado anualmente no terceiro domingo de janeiro.


 

Revisão: Barbara Dell (@paradigeriromundo)

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page